terça-feira, 8 de novembro de 2011

Censo para conhecer o Norte de Minas


Até dezembro deste ano Minas Gerais passará pela maior e mais abrangente pesquisa socioeconômica já realizada no Estado. Serão pesquisados 1.200 setores censitários de áreas urbanas e rurais distribuídas por todas as regiões. Realizada pela Fundação João Pinheiro (FJP), com apoio do Banco Mundial e da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas (Fapemig), a Pesquisa por Amostra de Domicílios de Minas Gerais (PAD-MG) servirá de base para o levantamento dos indicadores sociais, econômicos, populacionais e demográficos do estado. Esta é a segunda edição da pesquisa.
Na região do Grande Norte – Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas pesquisadores da Fundação João Pinheiro vão concluir os levantamentos na próxima sexta-feira, 11, envolvendo os municípios de Corinto, Prados e Felixlândia. Pesquisadores da FJP, devidamente identificados com crachá e equipamento para coleta de dados, irão de porta em porta para entrevistar os moradores.
Realizado pela primeira vez em 2009, o estudo que tem como objetivo conhecer em profundidade a população mineira, suas características, ações e posições no sistema de estratificação social e no mercado, irá possibilitar a atualização da base de dados do estado e incluir novas áreas temáticas, de acordo com as necessidades detectadas a partir da primeira edição do levantamento. Os resultados serão utilizados para originar novos estudos sobre temas específicos e subsidiar a elaboração, acompanhamento e avaliação de políticas públicas.

REGIONALIZAÇÃO
Levando em conta o tamanho e a diversidade de Minas Gerais, onde há realidades muito distintas entre os municípios, a pesquisa fornecerá informações que possibilitarão traçar um desenho de cada uma das regiões do estado nas áreas de saúde, educação, trabalho, renda e benefícios, entre outros temas, além das características das residências e dos habitantes. Com base nos dados a serem levantados, a formatação e implementação de programas sociais torna-se mais apurado por parte do Governo do Estado, com maior probabilidade do alcance de bons resultados, levando-se em conta que as iniciativas terão como base a realidade atual de cada região.
Ao todo, 80 recenseadores estão trabalhando em 428 municípios selecionados para compor a amostra, distribuídos nas regiões Norte, Noroeste, Rio Doce, Zona da Mata, Sul, Triângulo, Alto Paranaíba, Centro-Oeste, Jequitinhonha, Central e Mucuri, além da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Fonte: Norte de Minas

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

VEM AÍ O MELHOR HALLOWEEN DA REGIÃO


Halloween 2011
Ingressos Antecipados no Barzinho da Xangô e Na GR Variedades.
Não fique de fora . Esperamos você.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

A HISTÓRIA DA ‘SANTINHA’- MUTIRÃO FAZ DA SERRA DO JACARÉ UMA ATRAÇÃO TURÍSTICA


Em pleno sábado, dia de 3 setembro, com o sol a pino, nove homens e uma mulher trabalhavam na serra do Jacaré construindo um murro de arrimo para garantir a segurança da ‘santinha’ colocada no alto de uma pedra.
Areia, brita, blocos e cimento estavam depositados em local aberto pela Prefeitura de Três Marias. Chegaram a fazer um canteiro de obras com uma barraca de lona para maior conforto dos voluntários que trabalhavam. Tudo foi conseguido através de doações feitas por empresas e pessoas de Três Marias e Felixlândia.
Enquanto faziam o serviço, caminhoneiros passavam e buzinavam numa demonstração de apoio àquilo que faziam. As pessoas que estavam trabalhando merecem citação nominal pelo desprendimento na realização de uma obra que alimenta a sua fé: Moacir, Neuza, Fernando, Preto, Jorge, Lavínio, Pedro, Luís, Marcos e Rogério.

A história da ‘santinha’

Diz a lenda que um caminhoneiro de Morada Nova de Minas, com suposto nome de Luís, descia a serra do Gerais, ou serra do Jacaré, há mais de 40 quarenta anos, quando perdeu o controle do veículo na curva acentuada e se viu sem alternativa a não ser implorar a Nossa Senhora Aparecida que o protegesse. O seu apelo foi atendido e ele fez uma promessa: na volta da viagem ia trazer uma imagem da santa e colocar em cima da pedra de ardósia, bem na curva quase fatal.
A partir disso o local, próximo ao km 331 da BR – 040 passou a ser referência dos caminhoneiros e moradores da região. O local se transformou em atração, as pessoas começaram parar para fazer as suas preces.
Outros caminhoneiros começaram a colocar imagens no local. Para isso era necessário parar o caminhão para subir na pedra que tem uns dez metros de altura.
Um frentista, Fuxico, que trabalhava no Posto Planalto chegou a pagar uma promessa política de andar de ‘fasto’, como dizia, uma distância de quase 10 quilômetros até a santinha.

Uma devoção forte

A devoção foi crescendo e cada vez mais pessoas transformavam o local em ponto de peregrinação e cumprimento de promessas. A comunidade da Forquilha dos Cabral começou a fazer peregrinação a pé até a santinha em 12 de outubro de cada ano, dia que se comemora Nossa Senhora Aparecida.
Em 2010 os devotos fizeram uma escada para subir até a santinha. Cortaram a pedra em cima com picareta, alavanca e outras ferramentas para abrir o espaço necessário para a colocação de imagens e oratórios.  Cimentaram tudo e fizeram um murro de arrimo provisório. Colocaram lá em cima um cofre para receber doações.  Este cofre foi roubado por uma pessoa qualquer. Um novo cofre foi instalado, sem a menor possibilidade de ser retirado, a não ser que se leve um maçarico para conseguir este objetivo.
Moacir Mendes de Vieira, 65 anos, e sua mulher Neuza, moradores do arraial da Forquilha, são os coordenadores do projeto.  Moacir declarou ao JTM: - “agora estamos fazendo o muro de arrimo definitivo para evitar desmoronamento e futuramente vamos construir uma cobertura em cima da pedra para ser um local de visitação e até para realizar missas eventuais”.
A escada vai ter até uma rampa especial para cadeirantes.
Fernando Fernandes Silveira, morador da região, é um dos voluntários do projeto. No dia 12 de outubro deste ano ela vai cumprir uma promessa que fez para sua irmã, Marina, parar de fumar.  
- Vamos sair em procissão do córrego do Jacaré até a santinha pagando a Nossa Senhora Aparecida a graça alcançada, pois minha irmã parou de fumar.
A tradição vai se consolidando devagarzinho. A lista de presenças na ‘santinha’ já tem quase quatrocentas assinaturas de visitantes e fiéis.

A necessidade de doações para terminar a obra

Tião Carneiro, caminhoneiro, também trabalha no projeto: - Fui um dos primeiros a colocar uma santinha no local e ajudo a conseguir doações para a obra.
Para terminar o projeto os responsáveis dependem de mais doações. Já gastaram mais de 120 sacos de cimento e muito material na construção.
Quem quiser fazer qualquer doação de material ou mão de obra basta entrar em contato com Neuza através dos seguintes telefones: 03899640674, 03199945912 e 03137736283.
- Trabalho enquanto agüentar para atingir o nosso objetivo – encerra Neuza.
Imagem: Marcelo Fernandes, Eder Junior
Fonte: moradanovamg.com

domingo, 25 de setembro de 2011

Visite o site oficial da Xango de Felixlândia

Conheça a melhor boate do centro de Minas.


O  local ideal para para a realização da sua festa ou evento. Em 1980 surgia em Felixlândia a tradicional boate e casa de shows Xangô disco dance. No início era uma pequena danceteria, mas com o passar dos anos se tornou a melhor boate e casa de shows da região. Com uma estrutura que pode atender os frequentadores mais exigentes, com qualidade, conforto e segurança.
Uma casa ampla, moderna e aconchegante, que conta com a estrutura de: 2 bares, com uma infinita variedades de bebidas (nacionais e importadas), 4 banheiros, e um camarote vip. Localizada no centro de Felixlândia a casa se preocupa em trazer shows de vários rítmos musicais de diferentes estilos como: sertanejo, axé, pagode e dance.

A xangô tambem é responsável pelo grande número de turistas que visitam nossa cidade, tudo isso devido a grandes festas e shows que acontecem na boate, gerando renda para todo o comércio em geral. 

É por isso e por várias  outras coisas que há mais de 30 anos a xangô disco dance é um sucesso...


Xangô Disco Dance




















Visite o site da Xango e fique por dentro da Programação...

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Brasil, onde se paga mais imposto no mundo

Todo mundo já sabe que o Brasil paga mais imposto no mundo, agora chegou mais um imposto para carros importados, assim o Brasileiro não terá um conforto como merece, mais como somos trabalhadores agente não reclama, deixa o governo aumentar...E nosso misero salario no final do mês não serve nem pra tomar um cafezinho extra.
Pegue uma calculadora e imagine você vivendo com um misero salario por mês R$ 545,00 descontando água, Luz, IPTU, telefone, alimentos, roupas manutenção do veiculo...Fez as contas? Viu que você fica devendo ainda, isso e realidade em mais da metade da População Brasileira. E dizem que o povo Brasileiro ta saindo da miséria, pode ate ser, mais ta saindo por causa do "bicos" que fazem por ai, se for viver por conta de Governo o Brasil seria um pais pobre. Então você Brasileiro paga tanto imposto para tao pouco...

Em, Felixlândia.
Em nosso município como exemplo no Brasil, recebe verbas do governo e também da População. Como todos os Municípios as verbas são passadas a cada setor como por exemplo na educação, saúde e segurança.
O Governo manda para Felixlândia verba para pagamento de Funcionários, obras Publicas e despesas com veículos  Mais infelizmente o povo Felixlandense não esta vendo isso em nosso Município.
Infelizmente Felixlândia e um modelo de uma cidade que tem as piores administrações do Estado. Faça comparação de Projetos de cidades vizinhas com a nossa. Como por exemplo as casas da COHAB, em Tres Marias um exemplo de de Município com ótima administração, tem suas casas construídas pelo Governo, incluindo asfalto, esgoto, água e Luz. Ficou muito bacana de se Viver, como também em Curvelo e Pirapora.
Estive nessas cidades olhando esses projetos e fiquei muito triste que na nossa cidade não teve 100% das verbas aplicadas. Então você usuario da Net que mora em Felixlândia que se habita nas casinhas feitas pelo governo, veja se sua rua esta asfaltada e esgotada... Então esta como nas cidades vizinhas, se naos estiver e porque não foi totalmente aplicado seu dinheiro neste projeto...
Então morador de Felixlândia, não caia na tentação de uma unica rua do Bairro ser Asfaltado, por o dever dele era asfaltar o Bairro inteiro... Então abra os olhos e veja como sua cidade esta diante de tanto imposto que pagamos. Vamos cair não realidade, Felixlândia não precisa de Prefeito com miseras obras anuais, mais sim um prefeito que paga em dia seus Funcionários e não deixa a sua cidade ficar com o pé na Puera...
Ja fiz minha parte de colocar em meu blog da cidade este desabafo, agora faça também a sua, não deixe a sua cidade cair em mãos erradas novamente, quem paga por isso somos nos.
Em 2012 não vote pelo belo terno, com boas palavras, com muitos anúncios e com varias Promessas, mais vote naquele que você ver que tem uma ótima administração e que já fez por Felixlândia...

Agradeço aqueles que me compreenderam e leram esta mensagem...


quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Gasoduto de Morada Nova passara em Felixlândia, Mito ou verdade.


BACIA DO SÃO FRANCISCO É A SIBÉRIA DO SERTÃO
Bruno Carvallho Minas Gerais entrou de vez no mapa do gás natural brasileiro. Em apenas um poço perfurado pelo consórcio Cebasf em Morada Nova de Minas, na Bacia do São Francisco, foi identificada uma reserva de 176,5 bilhões a 194,6 bilhões de metros cúbicos (m³) de gás. Isso corresponde a 22% das reservas totais brasileiras, que no último levantamento da Agência Nacional do Petróleo, em dezembro de 2010, estavam em 802,26 bilhões de metros cúbicos. A área estudada foi de 400 quilômetros quadrados, mas levantamentos estão sendo feitos em uma região de 309 mil quilômetros quadrados, o que aumenta a probabilidade de a jazida ser maior. Geólogos estimam que a Bacia do São Francisco pode ser comparada com a Sibéria, na Ásia, importante província de gás natural do planeta. 
O anúncio das reservas foi feito ontem, no Palácio Tiradentes, pelo governador Antonio Anastasia e por representantes do consórcio Cebasf. "Passamos a ter a confirmação absoluta de que a reserva de gás da Bacia do São Francisco é economicamente viável", comemorou o governador Antonio Anastasia. Minas consome 2,9 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia. O combustível é bombeado do Rio de Janeiro e de um ramal do gasoduto Brasil-Bolívia (Gasbol). Pelas perspectivas de produção, o Estado pode se tornar autossuficiente nos próximos anos. Segundo o diretor da Orteng, Ricardo Vinhas, neste tipo de jazida é possível recuperar entre 30 e 60% das reservas. Por isso, o volume que poderá ser comercializado fica entre 54 bilhões e 108 bilhões de metros cúbicos. "A produção diária e mensal ainda vai depender da forma de produção que será adotada. Podem ser abertos até 80 poços de produção. Mas, em cima da volumetria, vai chegar a 7 a 8 milhões de metros cúbicos somente nesta área", afirma. A previsão é de que a produção em Morada Nova de Minas comece em dois anos. Neste novo cenário, a expectativa é de que a utilização do gás natural aumente, devido à proximidade da fonte de produção. A descoberta também irá beneficiar o consumidor, já que o aumento da oferta deve reduzir o preço do produto. O Consórcio Cebasf reúne a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), com participação de 49%, a Orteng Equipamentos e Sistemas, com 30%, a Delp Engenharia, com 11%, e os outros 10% são da Imetame. A produção do gás pertencerá aos consorciados na proporção da participação no grupo. No futuro, o gás mineiro irá substituir o gás boliviano na Unidade de Fertilizantes Nitrogenados, em Uberaba. Redação: Jornal Hoje em Dia / Caderno Economia e Negócios - 23 de julho de 2011
Fonte: Comlago

sábado, 10 de setembro de 2011

A APAE de Felixlândia convida todos os Atletas da região.


A APAE de Felixlândia convida toda a comunidade
para participarem dos Jogos de Integração das APAEs – JOIAS.
O evento acontecerá nos dias 30 de setembro a 02 de outubro, quando estaremos
recebendo em nossa cidade aproximadamente 250 atletas representantes
das cidades de Curvelo, Três Marias, Corinto, Serro e Diamantina.
Contamos com a participação de todos!
Acelmo Mendes da Silva
Presidente da APAE de Felixlândia